Identificando fissuras, trincas e rachaduras

Rachaduras, trincas e fissuras nas paredes podem aparecer em qualquer construção, e é importante se preocupar e ficar atento quando identificadas. Pode ser apenas um problema superficial que irá implicar na estética e aparência de sua parede, mas em alguns casos podem ser um aviso de problemas estruturais graves, necessitando de reparos urgentemente. Saiba como identificar cada uma delas:

Fissura:
Atinge a pintura, massa corrida e azulejo com espessuras de 1 mm e menor gravidade. Geralmente estreitas e alongadas, mas não possuem problemas estruturais.

Trinca:
Um pouco mais perigosas que as fissuras, as trincas têm em média de 1 a 3 mm, sendo mais profunda e acentuada, ocorrendo a ruptura do elemento e separando em duas partes. Podendo chegar a afetar a segurança dos elementos estruturais.

Rachadura:
Mais complexas, requer uma manutenção mais especializada. Espessura acima de 3mm, ocorrendo ruptura do elemento e separando em duas partes com aberturas grandes, pronunciada, profunda e acentuada, sendo bem simples de notar a sua presença.

Rachaduras em lajes, vigas, pilares e fundações tendem a ser mais graves, pois interferem especificamente na estrutura, aparecendo rachaduras e deformações.

Uma dica: eles geralmente aumentam com o tempo, então é importante chamar um profissional para analisar como está a sua estrutura.


Start typing and press Enter to search

Open chat
Fale com nossa equipe